Porque sua família e patrimônio são únicos!

Informativos e Dicas

25-Mar-2014 12:39

Videomonitoramento nas escolas já está em operação

Leila Gapy

A Prefeitura de Votorantim apresentou ontem o sistema de videomonitoramento nas escolas municipais; mesmo dia em que o sistema identificou um ladrão que furtou uma câmera numa unidade escolar da Barra Funda e flagrou um homem tentando agarrar uma estudante na frente da escola no Jardim Archilla. Os fatos serviram de exemplo sobre a eficácia do sistema, segundo as autoridades, que tem por objetivo também inibir os casos de vandalismo, roubo ou furtos nas 45 escolas municipais votorantinenses, privando assim pela segurança dos prédios e dos alunos. O investimento, de R$ 170 mil ao mês, deve poupar cerca de R$ 60 mil aos cofres públicos; dinheiro antes gasto com a manutenção dos prédios e objetos furtados/roubados. A apresentação ocorreu pela manhã no auditório Francisco Beranger e reuniu mais de 200 funcionários da rede municipal de ensino.

Segundo o prefeito Carlos Augusto Pivetta (PT), o sistema, desenvolvido pela empresa Grupo Única, já está em pleno funcionamento há pelo menos um mês, pouco antes de começarem as aulas da rede municipal. Cerca de 300 câmeras estáticas estão espalhadas pelos principais pontos de acesso das 45 escolas da rede. "Estão em pontos vulneráveis e de acesso: entradas, corredores, fundos, próximo das portas e janelas", apontou. A intenção é inibir, em 100%, casos de vandalismo, depredação, pichação, furtos e roubos. "Já passamos por situações complicadas. Uma vez, quando as aulas deveriam ser retomadas, nos deparamos com uma escola toda arrombada, levaram tudo, computadores e até alimentos. Esse tipo de coisa nos causa muitos prejuízos, para os alunos, pais e para nós", argumentou.

Há cinco ou seis câmeras por cada uma das escolas e um gasto médio mensal, por unidade, é de quase R$ 4 mil. "Comparado a tudo que já fizemos, estamos em vantagem. Contratamos vigilantes, não deu certo; colocamos alarmes, não deu certo. Agora acreditamos nesse sistema que pode ser visto e acionado à distância", otimizou. Isso porque, segundo a autoridade, uma central de monitoramento - que não teve o local informado por segurança -, foi implantada e é controlada por funcionários da empresa de segurança que, na menor suspeita, aciona a Polícia e grava as imagens num banco, por três meses. O proprietário do Grupo Única, Fernando Francisco Prette, que também desenvolve trabalhos de segurança nas festas juninas de Votorantim e para as Unidades Pré-Hospitadares de Sorocaba, também otimizou a iniciativa inédita da Prefeitura.

"Vencemos o processo de licitação, válido por um ano, podendo ser renovado por apenas cinco anos. Estamos otimistas pois o sistema já conseguiu identificar um suspeito de furtar câmeras numa unidade da Barra Funda. As imagens já foram vistas pela polícia e o inquérito aberto. Acreditamos que o sistema inibirá não só vandalismo, como até atos impróprios para o ambiente escolar", disse.

O delegado titular de Votorantim, Carlos Augusto Marinho Martins, endossou a fala e garantiu a eficácia do sistema. Segundo ele, pouco tempo depois do furto na escola municipal "Sueli da Silva Paula", da Barra Funda, na tarde da última quarta-feira, as imagens conseguiram focalizar o rosto do suspeito, identificado, e que está sendo localizado pelo 2º Distrito Policial, onde o inquérito foi aberto. "Além de inibir crimes, o sistema facilitará a investigação, promovendo a segurança e bem-estar dos alunos e funcionários", falou.

Na prática

Ana Lúcia Rolim, diretora da escola Antonio Vicente Bernardi, do Jardim Archilla, está otimista com o sistema. Em dez anos de direção ela já trabalhou em unidade videomonitorada e garante sua eficácia. "É diferente trabalhar onde há câmeras", disse. Tanto é que ontem mesmo ela conseguiu ver as imagens de acesso à escola na central de monitoramento e confirmou uma suspeita: um rapaz de moto foi flagrado tentando agarrar uma estudante, menor, da escola vizinha à sua, a estadual Clotilde Beline Capitani.

Videomonitoramento nas escolas já está em operação
1/1

Jornal Cruzeiro do Sul
Deixe seu Recado